Staecnon acompanha destino do saneamento em Santo Antônio de Pádua

João Santo Antônio de Pádua    João Santo Antônio de Pádua 02    011

A atuação do Sindicato dos Trabalhadores em Saneamento do Norte e Noroeste do Estado do Rio de Janeiro, vem sendo aprimorada dia a dia. Após a posse da nova diretoria, esse trabalho tem sido intensificado, sendo este uma prioridade diante das demandas que ora têm se apresentado. Prestes a completar 53 anos de existência, o Staecnon-RJ vem buscado nas parcerias um caminho para o crescimento e conquistas, sempre respeitando as hierarquias, as diferenças e acima de tudo, a ética.
Vale ressaltar que, um dos primeiros projetos que foi realizado logo que assumiu a nova gestão, foi dar continuidade ao trabalho de vinha sendo executado junto ao município de Santo Antônio de Pádua, onde o então diretor João Marcos Andrade da Silva, agendou para o dia 14 de junho de 2016, uma reunião com a direção da empresa Águas de Santo Antônio, a fim de conhecer a real situação do saneamento no município, reunião que só foi acontecer de fato no dia 25 de julho, com a presença do interventor Hugo Carvalho.

Toda ação executada pelo Staecnon-RJ, em Santo Antônio de Pádua, vem sendo trabalhada cuidadosamente, a fim de que não haja interferência no processo transitório que ocorre em juízo. Dentre as tratativas está a reunião, agendada pelo presidente João Marcos, através da secretária do então Prefeito Josias Quintal (que na ocasião estava licenciado cuidado de sua campanha ao pleito municipal), com setores responsáveis pelo saneamento no município.

No dia 16 de agosto, o presidente do Staecnon-RJ, João Marcos, acompanhado do representante da CEDAE, o Gerente Regional Giovani Cardoso de Freitas, se reuniram no primeiro momento com o secretário de Meio Ambiente e diretor Vice presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica, Otony Francisco F. Júnior, e no segundo momento com o presidente do Serviço de Abastecimento de Água e Esgoto – SAAE, Tarcísio Gomes Ferreira e os advogados Dr. Plínio Augusto e Dr. Humberto Toscano, responsáveis por todo o processo judicial que permitiu a instauração de uma junta interventora, que atualmente administra a empresa Águas de Santo Antônio, responsável pelo saneamento do município. Notória foi a insatisfação do serviço que vem sido oferecido pela empresa privada sendo inclusive debatido a possibilidade de se buscar um caminho para devolver a população o saneamento público.

Mesmo o prefeito Josias Quintal não estando presente, seus representantes deixaram bem claro que, é grande o interesse da prefeitura em reatar a parceria com a Cedae, rompida desde de 2004, e que estudos estão sendo feitos para que isso aconteça, sendo necessário cumprir os trâmites legais e ampliar a negociação com a Companhia.

Enfim, as bases onde atua o Staecnon-RJ, não estão desassistidas, estamos cuidando para que ações sejam constantemente realizadas nos mais diversos municípios, conforme estão sendo cuidadosamente divulgadas. Entendemos que ser atuante não é só sair divulgando, mas sim, comunicar com coerência, seguindo um padrão ético.

– “A experiência de representar a nossa categoria, é uma responsabilidade que executo com grande satisfação, me esmerando para fazer o melhor. Meus erros serão pautados, sempre na vontade de querer acertar! Apesar de defender o saneamento público, lutar pelos interesses dos trabalhadores, é a minha missão. Me orgulho em ser cedaeano, e como tal, defenderei os direitos da minoria.” – Disse o Presidente João Marcos.

Next Acervo: Luiz Roberto Santos Moraes, especialista na área de saneamento

Leave a comment