Assembleia aprova greve para os dias 20, 21, 22 e 23 de fevereiro

A assembleia lotada deliberou iniciar a greve nos dias 20, 21, 22 e 23 e manter o estado de mobilização permanente.

Também aprovou lotar o ato nesta terça, dia 14, na Alerj, em defesa da Cedae em conjunto com os servidores públicos, o movimento comunitário e a população.

O projeto de lei 2.345/17, que autoriza o uso das ações da Cedae para viabilizar empréstimo de R$ 3,5 bilhões da União, será votado na semana que vem na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). A presidência da Casa convocará sessão extraordinária na segunda-feira (20/02). A votação prosseguirá nas sessões ordinárias de terça (21/02), quarta (22/02) e quinta (23/02).

A assembleia realizada no Sintsama, nesta segunda, foi muito representativa com as presenças de representantes da sociedade, parlamentares e sindicalistas: Gilson (Faf-Rio), Bárbara (Sepe), Moreno (ex-funcionário da Light), deputada estadual Enfermeira Rejane, o ex deputado Carlos Santana, Rita e Renato (Esquerda diário), o vereador Babá, Bruno da Comlurb, vereador Kiki e outros. Todos se posicionaram contra a privatização da cedae e exaltaram a garra dos ceadaenos.

Fonte: Sintsama

Prev Staecnon realiza o décimo primeiro Encontro Anual dos Aposentados
Next Cedaeanos unidos contra a Lei Estadual 7529/2017, que autoriza a venda das ações da CEDAE